Maia diz que denúncia contra Temer deverá ser votada até outubro

Por Letícia Valadares

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta quinta-feira (28), após uma reunião com a presidente do Superior Tribunal Federal (STF), Carmen Lúcia, que a denúncia contra o presidente Michel Temer, só deverá ser votada após o dia 22 de outubro. “Acho que até o dia 22, 23 ela vai estar votada com certeza”.

A votação será a última etapa da denúncia na Câmara, a quem cabe autorizar ou não o STF, a decidir sobre a abertura de um processo criminal contra Temer.

Além do chefe do executivo, são acusados os ministros da Casa Civil (Eliseu Padilha), da Secretaria-Geral (Moreira Franco), e outros seis pessoas sem foro privilegiado: o empresário Joesley Batista; um dos donos do grupo J&F; e o executivo Ricardo Saud; e os ex-deputados do PMDB Eduardo Cunha; Henrique Alves; Geddel Vieira Lima e Rodrigo Rocha Loures.

A denúncia foi apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) no dia 14/09, só chegou a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara (CCJ), na quarta-feira (27), onde também passará por analise antes de ser levado ao plenário da Casa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *