Congresso pode votar futuro de Aécio e Temer nesta semana

Por Lucas Lyra

 

O Congresso Nacional terá uma semana decisiva a partir desta segunda-feira (16). Os parlamentares podem definir o futuro de dois caciques da política brasileira: o presidente Michel Temer (PMDB-SP) e o senador Aécio Neves (PSDB-MG) estão na mira dos deputados e senadores.

Temer tem sua denúncia pela Procuradoria Geral da República (PGR) analisada pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados. Apesar de o relator do caso, deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG), ter encaminhado um relatório contra as acusações da PGR, espera-se mais dificuldade para livrar Temer nessa segunda denúncia.

Já Aécio Neves terá seu caso analisado pelo plenário do Senado nesta terça-feira (17). O tucano foi afastado de seu cargo, proibido de se comunicar com investigados e teve o recolhimento noturno decretado pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Devido a dúbia legislação que determina que parlamentares só podem ser presos em flagrante de crimes inafiançáveis, alguns membros da Casa entenderam que o STF extrapolou suas responsabilidades ao afastar Aécio.

A Corte julgou a necessidade de autorização do Congresso para processar parlamentares, e em decisão dividida, “jogou a batata quente” para o parlamento, que votará o afastamento de Aécio nesta terça-feira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *