Fraudes no BB subtraem R$ 44 milhões dos cofres públicos

Por Gabriela Mestre

Com supervisão de Lucas Lyra

Com a Operação Turbocred deflagrada nessa segunda-feira (31), a Polícia Federal e o Banco do Brasil descortinaram fraudes agrícolas que já resultaram em R$ 44 milhões de prejuízo aos cofres públicos. A cada 10 financiamentos, nove são fraudes.

A Turbocred teve sua primeira fase iniciada em 2016 e identificou dois tipos de modus operandi dos criminosos, sendo a elaboração de contratos de arrendamento de terras sem que houvesse, efetivamente, a posse da área, e arrendamento de terra para terceiros.

Investigações internas do BB revelaram o alcance dos prejuízos até agora. De acordo com o delegado da Operação, Victor Hugo, os infratores embolsavam o dinheiro dos financiamentos sem desenvolver qualquer atividade agrícola.

Os números apontam 149 operações investigadas, abrangendo um total de R$ 59 milhões em contratos feitos entre 2012 e 2015. A polícia cumpre 39 mandados de busca e apreensão em cinco estados diferentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *