Dodge não se satisfaz com arquivamento de investigações da JBS

Por Gabriela Mestre

Com supervisão de Lucas Lyra

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, solicitou nessa sexta-feira (3) que o ministro do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, reconsidere seu arquivamento da denúncia feita pela PGR sobre possíveis compras de decisões judiciais pela JBS.

Dodge havia pedido abertura de inquérito para investigação de mensagens e áudios entre membros da JBS que indicariam as manobras judiciais. Contudo, Lewandowski arquivou a apuração, alegando insuficiência no número de provas.

Para a procuradora, cabe a PGR apenas fazer o pedido da denúncia. A investigação, então, deve ser feita pelo judiciário após consentimento do STF. Dodge pediu que Lewandowski reveja sua decisão de arquivamento e, com o parecer do ministro, o Ministério Público Federal poderá avançar as análises dos materiais.

As mensagens são do diretor jurídico da J&F, Francisco de Assis, e uma advogada da empresa, Renata Gerusa Prado Araújo, que alegaram manipulação nas mensagens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *