Raquel Dodge se manifesta contra PEC que ‘alforria’ PF

Por Gabriela Mestre

Com supervisão de Lucas Lyra

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, se manifestou nessa terça-feira contra a autonomia prevista à Polícia Federal pela Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 412/09. Para Dodge, isso resultaria “um quinto poder”.

Com a PEC, a PF teria autonomia tanto funcional quanto administrativa em relação ao Ministério de Justiça. Para a procuradora, a aprovação da PEC acometeria aos poderes a força armada. “Ela [a proposta] tem essa gravidade de alterar o modelo do Estado que temos”.

A opinião de Dodge é compartilhada por alguns deputados, inclusive pela bancada do PT. No mesmo dia da declaração da procuradora, a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) optou, na Câmara dos Deputados, por adiar a votação da proposta por cinco sessões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *