Aécio destitui Jereissati da presidência do PSDB

Por Lucas Lyra

 

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) destituiu o atual presidente interino do partido, o também senador Tasso Jereissati (CE) do cargo partidário. No mesmo movimento, Aécio retomou a presidência do partido.

Segundo o senador mineiro, a troca de cargos acontece em nome da isonomia entre os postulantes a presidência da sigla, a ser disputada no próximo dia 9 em Convenção Nacional. Tasso já se candidatou ao posto, ao lado do governador de Goiás, Marconi Perillo.

O documento que oficializa a troca dos cargos afirma também que “o mais antigo vice-presidente” do PSDB, o ex-governador de São Paulo Alberto Goldman, conduzirá o pleito de dezembro.

O episódio é mais uma demonstração da rixa atualmente vigente no partido. De um lado, o grupo mais próximo de Tasso, que prega o afastamento do governo Temer e uma oxigenação dos quadros partidários, e do outro, o grupo de Aécio, mais tradicional dentro do partido, e que deseja permanecer ativo na Esplanada dos Ministérios.

Relatos dão conta de uma discussão ríspida entre os dois no início da tarde de hoje, quando Aécio foi até o gabinete de Tasso pedindo que ele renunciasse ao cargo. O cearense não aceitou, indicando que o movimento teria de partir do próprio Aécio.

Documento que oficializou a troca de posições.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *