POLÍTICA EM BAIXA: Alvo da Polícia Federal, líder do governo no Senado coloca cargo à disposição de Bolsonaro. Confira outras informações na coluna JPM desta quinta-feira (19)

SENADOR NA MIRA DA PF

A Polícia Federal visitou  o Congresso Nacional logo nas primeiras horas da manha desta quinta-feira (19).O senador Fernando Bezerra (MDB-PE), líder do governo Bolsonaro na Casa, está na mira da Polícia Federal . Buscas e apreensões no gabinete do parlamentar foram autorizadas pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso. O filho do senador, o deputado Fernando Coelho Filho (DEM-PE), também é alvo da operação.Principal articulador do presidente Jair Bolsonaro no Senado, o senador deixou seu cargo de líder do governo à disposição. A PF vê suspeitas de que Fernando Bezerra e filho receberam propinas de R$ 5,538 milhões

ARGUMENTO
Demosntrando estar abatido com a situacao, o senador disse que “tomei a iniciativa de colocar à disposição o cargo de líder do governo para que o governo possa, ao longo dos próximos dias, fazer uma avaliação se não seria o momento de proceder uma nova escolha ou não”,
DESVIO E PROPINA
A PF investiga denúncia de desvio de dinheiro público de obras de transposição do Rio São Francisco da época em que Bezerra ocupava o cargo de ministro da Integração Nacional no governo da ex-presidente Dilma Rousseff (PT). Na época, Bezerra era filiado ao PSB e estava entre os nome de confiança do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos.

SEM CHANCE

Conforme a coluna apurou, a cúpula do Congresso não vê um nome para substituí-lo, caso Bolsonaro resolva tirar o senador do cargo.Nomes como Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) e do líder do PSL no Senado, Major Olímpio (SP), são vistos por senadores como inviáveis.O primeiro por ser filho do presidente e protagonizar polêmicas que vão desde investigações a brigas com senadores de seu próprio partido.

NOVA MODALIDADE

A Câmara dos Deputados aprovou o texto-base do projeto de reforma da legislação eleitoral, um dia depois de o Senado rejeitar quase a totalidade da medida. Alguns critérios, que afrouxavam as regras vigentes, foram abandonados.

SEM CONTROLE

Ainda assim, permaneceram pontos que flexibilizam as regras e o controle sobre o uso das verbas públicas pelos partidos, como a liberação para pagamento de multas eleitorais, compra de sedes partidárias e passagens aéreas até para não filiados

GENERAL PREMIADO

A presença de homens armados de fuzil e dispostos a morrer não pode ser vista como uma situação normal. A afirmação é do general de Exército Walter Braga Netto, 62 anos. Ex-interventor federal na área de segurança do estado, o atual chefe do Estado-Maior do Exército recebe hoje no Rio de Janceiro,  o prêmio General Joaquim de Sousa Mursa pelos resultados alcançados durante a intervenção federal.

 

PRIORIDADE

Com centenas de assuntos prioritários para definir de forma urgente,  o assunto, desta quinta-feira  no Congresso Nacional  são os 49 assessores da liderança do PT que embolsaram R$ 120 milhões na Mega-Sena acumulada. O sorteio ocorreu nesta quarta  em meio à sessão que tratava do caixa 2.Cada um dos jogadores sai com mais de R$ 2 milhões no bolso

PF ATIVA

A Polícia Federal prendeu mais um suspeito de participar da invasão de celulares de autoridades. A ação, deflagrada nesta quinta-feira (19),  faz parte da segunda fase da Operação Spoofing, que investiga a prática de crimes cibernéticos.

ECONOMIA

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (Icei) manteve-se em 59,4 pontos em setembro, mesmo índice de agosto, segundo pesquisa divulgada nesta quinta-feira, 19, pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). A estabilidade no índice interrompe uma sequência de três meses consecutivos de alta. Apesar disso, a confiança do empresário continua elevada.Segundo os dados da CNI, o Icei está 4,8 pontos acima de sua média histórica e 6,6 pontos acima do registrado em setembro de 2018.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *