Barroso convida deputados para apresentação sobre urna eletrônica no TSE

Presidente do Tribunal Superior Eleitoral, o ministro Luís Roberto Barroso convidou deputados federais para uma apresentação sobre o sistema em que se insere o uso da urna eletrônica nas eleições brasileiras. O encontro está marcado para as 15h da próxima segunda-feira (21/6).

Os participantes integram a comissão especial da Câmara dos Deputados que analisa a Proposta de Emenda Constitucional 135/2019, que prevê uso de voto impresso auditável no processo eleitoral, atualmente 100% eletrônico.

Desde que assumiu a presidência do TSE, em 2020, Barroso tem respondido de forma incisiva aos boatos de falta de confiabilidade da urna eletrônica e da existência de fraudes — muitos deles amplificados pelo presidente Jair Bolsonaro.

Na última quarta-feira (9/6), repetiu os mesmos argumentos aos deputados federais brasileiros, depois de ser convidado pelo presidente da Câmara, Arthur Lira, para participar de comissão geral sobre assuntos eleitorais.

Para o presidente do TSE, o uso do voto impresso colocará o sistema eleitoral sob risco de que os perdedores venham a pedir conferência de votos, busquem inconsistências ou nulidades e apresentem ações perante a Justiça Eleitoral para discutir resultado das eleições. Além disso, vai gerar custos e dificuldades operacionais.

Tendo isso em mente, o convite aos deputados tem como objetivo fazer apresentação sobre os diferentes mecanismos de auditoria a que se submete a urna eletrônica usada nas eleições brasileiras. A visita contará com apresentação da sede do TSE, do maquinário da corte e da sala cofre.

“Eu disse no Congresso Nacional que, evidentemente, se passar o voto impresso, nosso papel será, em boa-fé, procurar cumprir a decisão. Mas apontei aos eminentes parlamentares os problemas que vislumbramos, a começar pelo custo de R$ 2 bilhões para implantação de impressoras acopladas a cerca de 500 mil urnas”, citou, em sessão do TSE nesta terça-feira.

Da redação com o ConJur

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *