Renan Calheiros e Omar Aziz divergem sobre punição a fake news

Presidente e relator da CPI da Covid-19 no Senado divergem sobre a forma de responsabilizar a propagação de notícias falsas e desinformação sobre a pandemia.

Ao colunista Guilherme Amado, no Metrópoles, o presidente da comissão, Omar Aziz (PSD-AM) defendeu punir não só quem propagou mentiras, como as plataformas de redes sociais onde elas foram veiculadas.

Já o relator da CPI, senador Renan Calheiros (MDB-AL), é contra responsabilizar as plataformas. Para ele, o importante é focar na punição as pessoas que propagaram desinformação.

Como a coluna mostrou, a comissão pretende avançar nas investigações contra sites que propagaram desinformação, na volta do recesso. A ideia é votar requerimentos pedindo quebra de sigilo bancários de ao menos 11 páginas.

Da redação com o Metrópoles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *