Cunhado de Gilmar Mendes assumirá mandato no Senado

O senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) protocolou, ontem (27/10), um pedido de licença do mandato por quatro meses. O afastamento começará a contar a partir desta sexta-feira (30/10).

No lugar do tucano, assumirá o mandato como suplente o empresário Chiquinho Feitosa (DEM-CE). Ele é cunhado do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Feitosa é irmão da esposa de Gilmar, Guiomar Mendes. O empresário também tem outra ligação com políticos: uma de suas sobrinhas é casada com o deputado federal Domingos Neto (PSD-CE).

A posse de Chiquinho no Senado está prevista para a próxima quarta-feira (3/11). Ele deve permanecer como senador até o final de fevereiro de 2022, quando Tasso retornará da licença.

Por que Tasso pediu licença

Tasso pediu licença do Senado para ajudar o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, na campanha das prévias do PSDB para a escolha do candidato do partido ao Palácio do Planalto.

O senador cearense chegou a registrar candidatura na disputa tucana, mas desistiu para apoiar Leite. Tasso só retornará ao Senado no final de fevereiro de 2022.

O mandato do tucano acabará no próximo ano. Em entrevista à coluna em setembro, o parlamentar cearense admitiu pela primeira vez que não tentará reeleição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *