Prévias do PSDB têm acusações e disputa voto a voto na reta final

São Paulo – A menos de um mês das prévias que definirão o candidato do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) para a Presidência da República em 2022, os governadores de São Paulo, João Doria, e do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, além do ex-prefeito de Manaus, Arthur Virgílio, disputam voto por voto, trocam acusações e tentam engrossar a lista de apoios em todas as regiões do país.

Apesar de haver três candidatos, o embate que ocorre em 21 de novembro é protagonizado por Doria e Leite, que nos últimos meses têm andado pelo país em busca de apoio de nomes importantes da sigla, de governadores, prefeitos, vices, deputados federais e senadores. E a divisão é grande.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *