Bolsonaro comemora aprovação de Mendonça ao STF após “longa espera”

O presidente Jair Bolsonaro (PL) comemorou a aprovação da indicação de André Luiz Mendonça, nesta quarta-feira (1º/12), para o Supremo Tribunal Federal (STF). O presidente usou suas redes sociais para agradecer aos 47 senadores que votaram favoráveis à indicação e dizer que seu compromisso de levar à Corte um ministro “terrivelmente evangélico” foi cumprido.

Veja a postagem:

Reprodução/Twitterbolsonaro comemora indicação de mendonça

André Mendonça foi indicado pelo chefe do Executivo federal em 13 julho. O nome do advogado foi aprovado pelo Senado Federal nesta tarde. Ele vai substituir o ex-ministro da Corte Marco Aurélio Mello, que se aposentou no mesmo mês.

A indicação demorou quatro meses para ser marcada pelo presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado Federal, Davi Alcolumbre (DEM-AP). A sabatina só foi marcada após o presidente da Casa, Rodrigo Pacheco (PSD-MG, marcar um “esforço concentrado” pela votação da indicação.

Mais cedo, o advogado e ex-ministro de Bolsonaro foi sabatinado pela CCJ. O colegiado aprovou o nome de Mendonça por 18 votos a 9. No plenário, o placar foi de 47 votos a favor e 32 contra.

A data de posse de Mendonça ainda não foi informada pelo Supremo, mas o presidente da Corte, Luiz Fux, trabalha para que ela ocorra ainda este ano.

Essa é a segunda indicação à Corte que Bolsonaro consegue aprovar e a última do atual mandato. A primeira foi o atual ministro da Corte Kassio Nunes Marques. Caso reeleito em 2022, o presidente poderá indicar mais dois nomes em 2023.

André Mendonça será ministro do STF por 26 anos, até 2047

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *