Planalto teme perder apoio de Republicanos e PP

O grande temor do Palácio do Planalto atualmente é perder o apoio do Republicanos e do Partido Progressista (PP), as duas outras siglas que, ao lado do PL, formam o Centrão mais fiel a Bolsonaro.

A baixa popularidade do presidente e a possibilidade de Lula vencer a eleição de 2022 no primeiro turno têm aumentado a especulação de que as duas legendas poderiam cair fora do governo no primeiro semestre para que seus quadros se sintam à vontade para apoiar quem desejar.

O Planalto tem visto sinais em especial do presidente do Republicanos, Marcos Pereira, de que o partido poderia abandonar a aliança atual. E o receio é que, ao ver o abandono do barco, o PP faça o mesmo.

Republicanos e PP integraram as bases de apoio dos governos Lula e Dilma Rousseff.

Da redação com o Metrópoles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *