Eunício comenta gravações da JBS entregue a PGR

Por Letícia Valadares

O presidente do senado, Eunício Oliveira, falou em entrevista coletiva nesta terça-feira (05), sobre as gravações da JBS entregue a Procuraria-Geral da República (PGR). Segundo ele “O ministério Público não tem compromisso com o erro”.

“Que ninguém tenha compromisso com o erro, esteja no Poder Legislativo, Judiciário, no Executivo ou entre os membros do próprio MP. A lei tem que valer pra todos, seja pobre, rico, detentor ou não de poder. Se for o caso, há que se cortar na carne”, afirmou aos jornalistas.

Eunício confirmou que a sessão do Congresso está mantida para as 19 horas desta terça-feira, para a votação das metas fiscais do governo para os anos de 2017 e 2018. Além disso, o presidente do Senado pretende votar a MP que cria a Taxa de Longo Prazo (TLP) nas operações do Banco de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *