TRF suspende bloqueio de bens dos irmãos Batista

Foi suspenso nesta quinta-feira (19), o bloqueio dos bens dos empresários Joesley e Wesley Batista, e das empresas do grupo J&F. A decisão foi do desembargador Olindo Meneses, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), do Distrito Federal.

O bloqueio autorizado no dia 6 de outubro alcançava 21 pessoas físicas e jurídicas, entre eles, os principais acionistas das empresas, os irmãos Batista, que estão presos em São Paulo. Além de outros membros da família Batista, como José Batista (pai), Flora (mãe) e as irmãs dos empresários, Viviane, Wanessa e Valéria.

O mandato de segurança da defesa dos irmãos Batista contra a decisão do juiz de Brasília, foi registrado na semana passada o TRF-1, onde foi entregue ao desembargador Olindo Menezes.

O principal argumento da defesa dos irmãos, é que o juiz Ricardo leite, da 10ª Vara Federal do Distrito Federal, ao ampliar o bloqueio, considerou que o acordo de delação premiada tinha sido rescindido, o que não ocorreu. De acordo com o Juiz, o montante já bloqueado, cerca de R$ 60 milhões, se revela insuficiente para dar cobertura a prejuízos estimados em R$ 1,2 bilhões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *