TRF soma 24 anos de prisão para João Vaccari Neto

Por Gabriela Mestre

Com supervisão de Lucas Lyra

O ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, teve pena aumentada de 10 para 24 anos de prisão. Acusado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), Vaccari está preso desde abri de 2015, e já foi absolvido em duas das cinco condenações que recebeu do juiz Sergio Moro.

Réu na Operação Lava Jato, o ex-tesoureiro cumpre prisão preventiva em Curitiba. Outros cinco réus, que tiveram as penas mantidas.  Entre eles, está o casal Monica Moura e João Santana, ex-marqueteiro do PT, condenados por lavagem de dinheiro.

O desembargador Victor Luiz dos Santos Laus afirmou que agora ocorre “farta prova documental”. A defesa de Vaccari, que pedia a liberdade do seu cliente, não concorda com o desembargador, e publicou nota dizendo que vai recorrer ao pedido do TRF.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *