OUTUBRO ROSA: Fundada há pouco mais de um ano, AAPOC dá apoio a pacientes com câncer em Cuiabá

“Temos o mês de outubro que traz uma maior conscientização sobre o assunto, mas a doença acontece todos os meses não apenas neste mês, por isso, as ações serão permanentes”, explica Janaína Santana, uma das fundadoras da AAPOC.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Por Márcia Martins – Revista RDM

A Associação de Apoio aos Pacientes Oncológicos de Cuiabá (AAPOC) está lançando neste mês de outubro, o Movimento Avivar, que tem o objetivo de conscientizar a sociedade sobre a importância de olhar o paciente oncológico em primeiro plano, com foco na pessoa e não apenas na doença e, também o lançamento de produtos exclusivos como canecas, camisetas e ecobags. O valor arrecadado com a venda dos objetos assinados pelo artista plástico, Rafael Jonnier, será revertido para a manutenção das despesas da associação.

Sem fins lucrativos, a associação tem a finalidade de acolher pacientes das mais diversas maneiras na luta contra o câncer, é mantida por voluntários, chamados de ANJOS DA AAPOC, que trabalham em torno das necessidades urgentes de cada paciente. A instituição, foi fundada há pouco mais de um ano, quando as amigas Danúbia Rondon e Janaína Santana, que já tiveram câncer de mama em 2015 /2020 e 2016, se reencontraram no segundo tratamento de Danúbia.

Janaína lembra que para fundar a entidade, ela e a amiga se uniram a amigos que passaram pelo câncer ou que tinham ligação direta com alguém que travou batalha contra a doença. Na batalha pela fundação, também contaram com o apoio da vereadora e digital influencer, Maysa Leão.

“Nós atendemos todo tipo de câncer. Todas as pessoas que nos procuram e que precisam de ajuda”, explica Janaína ao acrescentar que o Movimento Avivar é lançado neste período em referência ao – Outubro Rosa – mês da conscientização sobre o câncer de mama. Com o lançamento, os membros da associação buscam conquistar mais voluntários para ajudar no custeio da construção da casa de apoio da entidade, bem como, arcar com as necessidades dos assistidos que passam por orientação jurídica, informativa, afetiva, até o pagamento de exames urgentes, medicamentos, ou cestas básicas e roupas – no caso de pacientes em vulnerabilidade financeira.

“Temos o mês de outubro que traz uma maior conscientização sobre o assunto, mas a doença acontece todos os meses não apenas neste mês. Os pacientes merecem ser tratados com dignidade e respeito, por isso que lutamos”, detalha Janaína ao acrescentar que a AAPOC trabalha apoiando o Instituto de Tumores e Cuidados Paliativos de Cuiabá (ITC), Centro de Especialidade em Câncer Infantojuvenil (Ceci) e Casa se Apoio Irmã Dulce, que atende e dá abrigo a pacientes com câncer, há mais de 30 anos.

A associação está instalada Avenida São Sebastião, nº 4160, em Cuiabá. Para mais informações siga o Instagram @aapoc.oficial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *